segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Principio Básico da Segurança de Vôo. A NÃO CONTINUIDADE DE UMA MANOBRA ARRISCADA.

Hoje todos que estão voando após o pouso não estão tendo o direito de arremeter após a abertura do reverso, quebrando assim uma das bases da segurança de Vôo, a não continuidade de uma manobra arriscada. A homologação da RMAP acaba com este vácuo existente hoje na aviação.
Imaginemos um vôo sendo composto de alguns estágios mínimos para efetuar-lo, tais como!
Acionamento dos motores: Pode ser abortado. “Interrompido”

Táxi da aeronave: Pode ser abortado.

Decolagem: Pode ser abortada.

Subida: Pode ser abortada.

Vôo nivelado: Pode ser abortado.

Decida: Pode ser abortada.

Aproximação para pouso:Pode ser abortada.

Pouso após o toque na pista: Não pode ser abortado hoje com segurança, pois ao contrário da Decolagem que tem como referencia de segurança a V1 (Velocidade referencia) para garantir que a aeronave pare dentro da pista ou do prolongamento da pista e no caso de prosseguir na decolagem vai garantir que a aeronave passe a nove metros sobre a cabeceira oposta ou na área livre no prolongamento da pista a aeronave não tem nenhuma referencia aplicada hoje “RMAP” que garanta o mesmo que na decolarem. Existem aeronaves que proíbem a arremetida após a abertura do reverso em outras palavras foi quebrada neste seguimento de vôo com a anuência das autoridades aeronáuticas em todo o mundo do Principio Básico da Segurança de Vôo. A NÃO CONTINUIDADE DE UMA MANOBRA ARRISCADA.
Observe que isto acontece por que até agora o calculo de pouso de uma aeronave não prever a arremetida, só prever a desaceleração da aeronave com os freios normais e conseqüentemente a maioria dos fabricantes não fabricaram a aeronave prevendo uma arremetida e é por isto que é muito importante que todas aeronaves assim como as tripulações como as pistas sejam homologados RMAP.

Segurança de Vôo não existe sem a possibilidade de interrupção em qualquer uma das fazes ou estágios informados acima!

Roberto Milán

2 comentários:

Philipe disse...

O pouso após o toque pode ser abortado sim.
Após o touchdown, antes que os reversos sejam abertos, pode-se iniciar uma arremetida sem problema algum.
Isso chama toque e arremetida.

Pai de família Cristão disse...

Não com segurança, livrando a cabeceira oposta da pista e os obstáculos a uma altura mínima de 9 metros após o prolongamento da Pista e a subida e não existe um ponto sobre a pista máximo onde deverá iniciar a arremetida, normalmente é imediatamente após o toque é feita a arremetida e se tiver um monomotor? Até hoje, não existe nada escrito na literatura aeronáutica mundial além da RMAP, sobre algum cálculo que garanta esta segurança.Hoje é feito apenas usando da sorte e não em cálculos matemáticos; Aviação segura existe baseada na física e em formulas matemáticas como a que existe para calcular a V1 e agora a RMAP.Se conheces a formula do toque arremetida, por favor, mostre aqui!Será um grande favor que fará para a aviação Mundial! A RMAP garante o Toque Arremetida pela formula dela.Repito hoje é feito na Base da Sorte!
Roberto Milán